Pular para o conteúdo principal

Projeto Fotográfico Autoral: A beleza do envelhecimento reconhecido como prática exitosa na saúde do Idoso.

É com grande alegria que compartilho que este meu trabalho de fotografia desenvolvido na Atenção Básica, no SUS,do município de Ribeirão Bonito, Estado de São Paulo, ficou entre as 14 iniciativas exitosas no Campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa.



Esta seleção foi feita pelo Ministério da Saúde, Fiocruz, com o intuito de Mapear experiências de Boas Práticas em Gestão Pública no Campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa. Todos Municípios, Estados e Distrito Federal, foram convidados a enviarem suas ações. De todas experiências enviadas 14 foram selecionadas, dentre elas 3 estão no estado de São Paulo, sendo que duas são experiências realizadas na Capital e a outra é a experiência do nosso município de Ribeirão Bonito, DRSIII.



Esta iniciativa, sem fins lucrativos, tenta mudar os conceitos pré-estabelecidos de beleza, valorizando os cabelos brancos, as rugas, mostrando que há sim beleza no envelhecimento.

Mas como?
Através do uso da Fotografia como ferramenta de Trabalho no SUS.
Com a fotografia surgem vários questionamentos. Como ela nos mostra? Como ela nos representa? Como ela comunica? A fotografia nos ajuda construir nossa identidade.
A nossa sociedade hoje, não aceita o velho, cultua o jovem, o sarado, o novo, uma grande hipocrisia já que se trata da mesma sociedade que envelhece a passos rápidos.
Ser belo não é um privilégio de pessoas jovens. Precisamos reconhecer a beleza no envelhecimento. As fotografias nos ajudam a observar isso.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dicas da fisioterapia para estimular o seu bebe

Massagens e automassagem com auxílio de superfícies de contato

Cuidados Posturais durante a gravidez e Amamentação.

Para cuidar do próprio corpo é necessário conhecê-lo!
Você conhece seu próprio corpo e as mudanças que estão ocorrendo durante a gravidez? Durante as 42 semanas de gestação, o organismo feminino passa por profundas alterações anatômicas, fisiológicas e bioquímicas em quase todos os órgãos e sistemas.
Durante a gravidez é comumente necessário para a mulher adaptar sua postura para compensar a mudança de seu centro de gravidade. Em uma mulher não grávida, o centro de gravidade está localizado bem em frente à coluna vertebral, na altura dos rins. Mas na gestante, o centro de gravidade torna-se mais anterior, forçando a coluna vertebral. Há uma tendência para o deslocamento para frente, devido ao crescimento uterino-abdominal e ao aumento das mamas.
Para compensar, o corpo projeta-se para trás, amplia-se o polígono de sustentação, os pés se distanciam e a porção cervical da coluna alinha-se para frente. A deambulação da gestante é comparada à dos gansos, sendo chamada marcha anserina, ca…